Carta Social e do Trabalho

Carta 06 | Política econômica e mercado de trabalho (2000-2006)

A estratégia conservadora da política macroeconômica na primeira metade da presente década impediu que o Brasil aproveitasse melhor os bons ventos da situação internacional e intensificasse o crescimento da economia. O PIB chegou a crescer 5,7%, em 2004; mas esse sopro arrefeceu no biênio seguinte, com o recrudescimento da ortodoxia monetária, e o crescimento médio anual da economia foi ligeiramente …

Leia Mais

Carta 05 | Estagnação econômica e mobilidade social no Brasil

Nos últimos 26 anos, a economia brasileira esteve semi-estagnada. Entre 1982 e 2006, a taxa de crescimento anual médio do PIB foi de apenas 2,5% ao ano, contrastando com a média superior a 7% verificada entre 1945 e 1980. Esse desempenho recente aprofundou a crise social. Os rendimentos do trabalho declinaram, a concentração da renda permanece estável entre as piores …

Leia Mais

Carta 04 | Crescimento econômico, mercado de trabalho, políticas públicas e pobreza

Um dos inúmeros paradoxos do atual debate sobre a questão da pobreza e da desigualdade no Brasil é a supervalorização do papel das políticas focalizadas de transferência de renda. Num país que há décadas ocupa as primeiras posições dentre as piores distribuições de renda do mundo e que há 25 anos apresenta pífias taxas de crescimento econômico, criou-se um inacreditável …

Leia Mais

Carta 03 | Tendências recentes do Emprego

Os autores reunidos nesse número de Carta Social e do Trabalho são unânimes em apontar uma tendência positiva, apesar de modesta, de recomposição do mercado de trabalho nos últimos anos. O desemprego, embora ainda elevado, vem declinando. O emprego, sobretudo o formal, vem-se recuperando.  São sinais que apontam o sentido da reversão da tendência observada ao longo de toda a …

Leia Mais

Carta 02 | Ajuste Fiscal e Política Social

A rudimentar proposta de ajuste fiscal de longo prazo apresentada pelo Ministério do Planejamento desencadeou polêmica sobre a necessidade e conveniência de aumentar o já enorme superávit fiscal. Entretanto, a exigência de cortes em gastos sociais, ou pelo menos evitar sua expansão, como meio de elevar o superávit, não recebeu a devida atenção, talvez por esse padrão de ajuste ter-se …

Leia Mais

Carta 01 | Política Nacional de Valorização do Salário Mínimo

Este primeiro número analisa o tema do salário mínimo. Essa decisão deveu-se ao fato positivo de o Governo Lula ter instituído, recentemente, o Conselho Nacional do Salário Mínimo, de caráter quadripartite, que tem por objetivo formular uma Política Nacional, de médio prazo, de Valorização do Salário Mínimo.1 Entretanto, ao contrário do que se deveria esperar, essa medida tem alimentado muitas …

Leia Mais