Constituição da sociedade capitalista e divisão social e sexual do trabalho

Centro de Estudos Sindicais e Economia do Trabalho (CESIT), em parceria inédita com a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres do Governo Federal, desenvolveu, entre 2014 e 2015, um projeto de formação com mulheres sindicalistas. O percurso formativo envolveu centenas de trabalhadoras de todas as regiões brasileiras, do campo e da cidade e nas mais distintas áreas.

Ainda que a igualdade entre homens e mulheres esteja inscrita em nossa Constituição, ela ainda é formal, e a sociedade brasileira precisa percorrer um longo caminho para a construção de uma igualdade efetiva. Portanto, a ampliação e a consolidação dos direitos das mulheres continua sendo um desafo a ser superado. Sem o empoderamento das mulheres, uma sociedade não é inclusiva e igualitária.

O percurso formativo analisou em profundidade o mundo do trabalho, as áreas em que as desigualdades entre mulheres e homens se manifestam e o modo como se estruturam e propôs, a partir da participação ativa das cursistas, ações para sua superação que incluam mecanismos baseados na igualdade de gênero e raça.

Para alcançar esse objetivo, o percurso formativo foi organizado em seis blocos temáticos, em que aspectos conceituais foram entrelaçados com as experiências e vivências concretas das trabalhadoras. Desse processo formativo resultou a produção de seis cadernos formativos, que retratam de forma didática os conteúdos de cada módulo de formação.

Esses conteúdos focam as reais condições de trabalho produtivo e reprodutivo das mulheres, a forma como elas foram excluídas do espaço público e as situações de discriminação presentes em distintos contextos históricos e em suas várias dimensões, com ênfase no mundo do trabalho.

Portanto, nossa expectativa com o Caderno é contribuir para o fortalecimento da cidadania das trabalhadoras, para a conquista de maior igualdade no trabalho, na sociedade e no movimento sindical, para a eliminação da desigual divisão sexual do trabalho, além das diferenças salariais e dos obstáculos que difcultam o acesso e a permanência das mulheres no mundo do trabalho. Estaremos contribuindo, dessa forma, para a elaboração e o fortalecimento de políticas públicas voltadas para a melhoria das condições de vida e trabalho das mulheres.

 

Baixe os Cadernos abaixo:

 

Caderno 1 | Constituição da sociedade capitalista e divisão social e sexual do trabalho | Aqui 
Caderno 2 | Introdução ao feminismo e aos estudos de gênero | Aqui
Caderno 3 | As mulheres e o mercado de trabalho | Aqui
Caderno 4 | Relações de trabalho: regulação do trabalho pública x privada; flexibilização; direitos trabalhistas e negociações coletivas | Aqui
Caderno 5 | As mulheres nas políticas públicas | Aqui 
Caderno 6 | Participação e organização das trabalhadoras | Aqui

Leia Também

Curso Introdução à Economia do Trabalho: Teorias e Políticas

Apresentação do curso Introdução à Economia do Trabalho: Teorias e Políticas.