Desenvolvimento ao fio da navalha: economia e trabalho no Brasil: 1995-2014

Marcelo Manzano e Carlos Salas | Publicado originalmente na Revista de Economia Crítica

 

Examinamos a evolução da economia brasileira e seu impacto sobre o trabalho em dois períodos distintos: 1994-2002 e 2003-2014, quando dois projetos contrastantes foram praticados. Análise de resultados macroeconômica e seu impacto nas condições de desigualdade e de vida ao longo destes vinte anos sugere que o neoliberalismo foi confrontado, ainda que de forma incompleta. A desigualdade diminuiu por mais de dez anos e os benefícios do crescimento chegaram a toda a estrutura social. Assim, a história recente mostra a necessidade de intervenção do governo no centro de processo de desenvolvimento econômico, juntamente com esforços contínuos para reduzir o fosso de desigualdade que existe neste país. Os acontecimentos recentes mostram que a educação e participação política popular, também deve ser parte integrante de um conjunto de políticas econômicas e sociais destinadas colocar o Brasil em um caminho de crescimento sustentável.

 

Baixe o artigo aqui 

Leia Também

Desenvolvimento e reforma trabalhista no Brasil

Seminário Desenvolvimento e reforma trabalhista no Brasil