Tendências Globais de Emprego para a Juventude 2015 – OIT

A taxa de desemprego juvenil global estabilizou-se em 13 por cento depois de um período de rápido crescimento entre 2007 e 2010, mas continua bem acima do nível pré-crise de 11,7 por cento, de acordo com o relatório Tendências Globais de Emprego para a Juventude (GET) 2015. O relatório mostra uma diminuição do número de jovens desempregados, que atingiu 73,3 milhões em 2014. Isso significa 3,3 milhões a menos do que 76,6 milhões registrados em 2009, durante o auge da crise. Em comparação com 2012, a taxa de desemprego entre os jovens diminuiu 1,4 pontos percentuais nas economias desenvolvidas e da União Europeia, e até meio por cento nos países do leste europeu e CEI, na América Latin, no Caribe e na África sub-saariana. As demais regiões – Ásia Oriental e Pacífico, Oriente Médio e Norte da África – viveram entre 2012 e 2014 um aumento no desemprego juvenil. A taxa de desemprego dos jovens deve continua elevada.  Segundo projeções do relatório, a taxa aumentará  a 13,1 por cento em 2015.

Baixe o relatório completo aqui 

Leia Também

Na era da terceirização, o predomínio do trabalho como ‘labor’, e não como ‘opus’

Entrevista de José Dari Krein à IHU Unissinos.