Tese defendida no Cesit-IE vence prêmio “Mundos do Trabalho em Perspectiva Multidisciplinar”

A Tese “A institucionalização do consenso: atuação da CUT e da FS nos governos do PT (2003-2014)” defendida no Programa Desenvolvimento Econômico venceu o Prêmio “Mundos do Trabalho em Perspectiva Multidisciplinar” promovido pela Associação Brasileira de Estudos do Trabalho (ABET).

Realizado no Centro de Estudos Sindicais e Economia do Trabalho (CESIT) e com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), o trabalho vencedor do prêmio em 2019 foi elaborado por Ana Paula Fregnani Colombi sob a orientação do Professor José Dari Krein.

A tese foi defendida em 2018 e em decorrência do prêmio será publicada como livro com o título TRABALHO E AÇÃO COLETIVA NOS GOVERNOS DO PT: a atuação da CUT e da FS entre os anos 2003 e 2014. A pesquisa abordou as transformações no mercado e nas relações de trabalho durante os governos do Partido dos Trabalhadores (2003-2014) e investigou como a estratégia político-sindical da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da Força Sindical (FS) buscou alterar a agenda do trabalho no período.

O trabalho mostra que apesar das potencialidades do novo momento político e econômico que se abriu na vida nacional com eleição do PT, o alargamento das heterogeneidades do mercado de trabalho e a permanência da flexibilidade laboral impuseram novos desafios à ação coletiva em linha com as tendências gerais do capitalismo contemporâneo. Nessa direção revela que o engajamento das centrais sindicais na estratégia de parceria social sob o pressuposto de fortalecer a base de sustentação política do governo e a partir da busca do encontro de interesses entre capital e trabalho condicionou as possibilidades de avanços na pauta trabalhista.

Baixe a tese aqui.

Leia Também

“Estamos vendo um processo de destruição do capitalismo brasileiro” – entrevista com Denis Maracci Gimenez

Entrevista com o professor Denis Maracci.