Cesit

PNAD – Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios

A PNAD obtém informações anuais sobre características demográficas e socioeconômicas da população, como sexo, idade, educação, trabalho e rendimento, e características dos domicílios, e, com periodicidade variável, informações sobre migração, fecundidade, nupcialidade, entre outras, tendo como unidade de coleta os domicílios. Temas específicos abrangendo aspectos demográficos, sociais e econômicos também são investigados. Nível de Ocupação Sem Norte Rural Com Norte …

Leia Mais

Contribuições Para o Mapa da Educação Profissional e Tecnológica

O seminário Contribuições Para o Mapa da Educação Profissional e Tecnógico foi realizado em abril de 2014 pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos Ciência, Tecnologia e Inovação (CGEE), IE-Unicamp, Centro de Estudos Sindicais e de Economia do Trabalho (CESIT/IE-Unicamp), Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas e Educação (GPPE/FE-Unicamo) e Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e …

Leia Mais

Seminário Internacional: 1º de Maio | Uma nova visão para o movimento sindical brasileiro

Este artigo reproduz fala apresentada na mesa “Trabalho e Desigualdades”, em evento inserido nas comemorações do 1º de maio de 2014. Iniciou-se cumprimentando a UGT pela relevante iniciativa e agradecendo-a e ao CESIT pela possibilidade de se participar de mesa que busca analisar as recentes mudanças na estruturação ocupacional do mercado de trabalho brasileiro, incluída a regulação social do trabalho. …

Leia Mais

Sebrae | Textos Para Discussão

Convênio: Fundação Economia de Campinas – FECAMP e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE Termo de Referência: Reforma Trabalhista e Políticas Públicas para Micro e Pequenas Empresas   Arquivo Download  Texto para Discussão (22): Problemas trabalhistas nas MPE brasileiras: diagnóstico e propostas de políticas públicas  Texto para Discussão (21): Acesso a informações relacionadas ao mundo do …

Leia Mais

Paper GLU nº 9: Trabalho no Governo Lula: uma reflexão sobre a recente experiência brasileira

Global Labour University Working Papers. Trabalho no Governo Lula: uma reflexão sobre a recente experiência brasileira. Global Labour University Working Papers. Paper n. 9, May 2010. Paulo Eduardo de Andrade Baltar; Anselmo Luís dos Santos; José Dari Krein; Eugenia Leone; Marcelo Weishaupt Proni; Amilton Moretto; Alexandre Gori Maia; Carlos Salas. A finalidade do presente texto é analisar o conjunto de …

Leia Mais

Cadernos do Cesit

ISSN: 1414-5979 Arquivo Download  O Desemprego Juvenil no Brasil dos Anos Noventa – Waldir José de Quadros (2001)  Classes Sociais e Distribuição de Renda no Brasil dos Anos Noventa – Waldir José de Quadros e Davi José Nardy Antunes (2001)  Capitalismo Organizado e Capitalismo Desorganizado: O Desafio da Criação de Emprego – Fernando A. Mattos (1998)  Encargos Sociais no Brasil: …

Leia Mais

Professor visitante do Cesit é entrevistado pelo Jornal da Unicamp

O Prof. Dr. Elisio Estanque, pesquisador da Universidade de Coimbra e professor visitante do Cesit, responde a perguntas sobre o tema da estrutura social, em Portugal e no Brasil. Trata-se de uma dinâmica em sentidos opostos, pois, enquanto os portugueses vivenciam a perda de benefícios sociais ofertados pelo aparato do Estado de Bem Estar Social, no Brasil vem ocorrendo o …

Leia Mais

Contribuições para o Mapa da Educação Profissional e Tecnológica

O workshop sobre educação e mercado de trabalho acontece de 9 a 11 de abril no auditório Jorge Tápia, no Instituto de Economia da Unicamp destinado a pesquisadores que trabalhem na área até o limite dos convites. Três eixos de trabalho serão abordados: Experiências internacionais de educação, Dinâmica econômica e metodologias de estimação do produto e do emprego e Dinâmica …

Leia Mais

Notas sobre a formalização – Estudo de caso: Brasil

José Dari Krein e Marcelo Manzano (CESIT/UNICAMP) Nos anos 2000, o mercado de trabalho brasileiro alcançou taxas históricas de formalização do emprego, junto com a queda do desemprego e aumento da renda média dos assalariados. Em 2012, registrou-se uma taxa de formalidade de 56,6%, o que corresponde a um expressivo salto de 13,9 pontos percentuais em dez anos. Este foi …

Leia Mais